E SE AS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS FOSSEM NA FENDA DO BIKINI? CRÔNICAS POÉTICAS #6

Fenda do Bikini

Uma certeza teremos no ano de 2018; esse ano vai ser louco. Carnaval, Copa, um feriado por mês (menos no incansável agosto) e as eleições presidenciáveis 2014.2. Acho que todos, canhotos e destros, podemos afirmar que estamos num mato sem cachorro, celular com bateria ou sinalizador. Com o total objetivo de ajudar (ou não) pensei em uma analogia que pode encaminhar o seu voto ou, o que também ajudará, te fazer eliminar um dos grandes e conceituados candidatos que já firmaram uma pré-candidatura. Se você ainda não fez o teste de “quem você seria da turma do Bob Esponja” significa que você tem uma vida bacana… e é só isso mesmo.

Se as eleições presidenciais fossem na Fenda do Bikini tenho certeza que toda a ganância e  olhar de cifrão do Sirigueijo o faria depositar a confiança em Alckmin e nos tucanos que viriam voando com ele. Sirigueijo alegaria que quer uma economia forte e deixaria nas entrelinhas uma falta de preocupação em projetos que visem as conchas menos favorecidas da Fenda. Sua filha, por outro lado, não estaria tão preocupada com isso. Pérola Sirigueijo e Srª Puff votariam em Dr. Rey com a esperança de que as cirurgias plásticas realmente fossem popularizadas. Sandy não pode votar, mas sua força feminista reservaria o voto para a candidata Manuela D’avila. Patrick e Bob Esponja, apesar da fiel amizade, escolheriam antigos desafetos. Enquanto a falta de raciocínio e a pouca inteligência de Patrick o faria escolher Collor, afinal, ele ainda é bonitão, a inocência e otimismo exagerado do calça quadrada são fundamentais para ser um eleitor fiel do petista Lula. Gary votaria em Marina somente pela semelhança física e no modo de falar. Lula Molusco despejaria sua revolta pessimista, sua vontade de que tudo vá pros ares em Ciro Gomes, já que o PSOL ainda não confirmou quem será o guerrilheiro…ops, digo, o candidato da vez. Bolsonaro já coleciona minions na vida real e na Fenda do Bikini não seria diferente. Seu eleitor fervoroso seria o Plankton, com diversos planos para colocar o “Mito” no poder, ele usaria camisas PPPPP com a foto do candidato e discursaria em prol de Bolsonaro, no melhor estilo “falou pouco, mas falou merda”. Devemos lembrar que a vozinha estridente e aguda de Plankton é facilmente ignorada.

Dada a largada na corrida presidencial da Fenda do Bikini. Seria cômico se não fosse trágico, mas são exatamente esses personagens que disputam o cargo mais importante do nosso país. Se houvesse um episódio explicando essa analogia a música de abertura poderia ser adaptada assim: “ELES VÃO TE FERRAR, ELES VÃO TE FERRAR! PRESIDENTES DA CALÇA BORRADA! ELES VÃO SENTAR LÁ E NADA VAI MUDAR! PRESIDENTES PARECEM PIADA!…”

Nos vemos por aí…

Beijos & Abraços crônicos

1 comentário Adicione o seu

  1. Parabéns ! Gosto muito da sua leveza poética descarada !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s