NÃO DÊ SPOILER! – POESIA CRÔNICA #5

No_Spoilers

Não ser babaca
Deveria ser a meta
De muita gente
Que além de chata
É incoveniente

Cara… não dê spoiler
Qual é a graça
De ser sem graça
E acabar com a mágica
Que um filme ou uma série causa?

Não estrague a experiência
De quem gosta da surpresa.
Pra que saber qual será a sobremesa
Se o almoço nem está na mesa?

“Eu não ligo que me falem o final”
Namoral…você não entendeu nada
A questão não é você
O mundo não gira ao seu redor
Esse argumento não tem como ficar pior
Mantenha a boca fechada
É simples assim

Por fim,
Peço consciência e empatia
Guarde o spoiler no bolso
Ele não tem serventia
E se houver uma vontade incrível de falar
Não fale nada
Algumas das melhores poesias
Saem das bocas caladas.

Beijos & Abraços Crônicos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s