Calma! você está indo bem. – PenSHONmentos #002

Calma! Você está indo bem.
Texto e Locução: Anderson Shon

Isso daqui não é a fala de um coach, é a de um desesperado, que olha para o futuro e só enxerga mato, pro presente, vê incertezas e o passado, o mês passado, já é visto com um saudoso cuidado. No meio de tudo isso, as redes sociais te ajudam a imaginar que você deveria estar sendo melhor. Todos estão lendo mais, trabalhando mais, malhando mais, por que só eu nessa quarentena estou angustiado? Calma! Você está indo bem. O desespero carrega um milhão de máscaras, ele está no sofá te chamando pra maratonar os dez episódios de série de uma só vez, no choro calado em posição fetal e nos milhares de exercícios continuamente postado nos perfis de instagram. E qual é o problema disso? Em tese, nenhum. Todos estamos desesperados, pois estamos vendo uma vida que existia mudar completamente. Se imagine uma larva virando casulo, se ela não soubesse que a evolução posterior seria a borboleta, a dúvida seria agoniante. Nós estamos no casulo podendo virar borboleta ou podendo ser algo menor que a larva, um ponto de interrogação desses é cruel. Por isso, manter a sanidade é importante, e eu escrevo isso como um conselho pra mim mesmo. Excesso de informação é prejudicial a saúde. Já mudamos quase todos os nossos hábitos, nem nos abraçar nos abraçamos, estamos geograficamente distante de pessoas que amamos nos convencendo que horinhas de internet são o ideal. Não são, mas é o que a gente tem pra hoje – talvez – por isso calma, você está indo bem. Evite novas notícias, saber o número de mortos irá te dar a falsa ideia de que essa doença é sua vizinha. Tente falar sobre outro assunto com seus pais e amigos, e esqueça a ideia de que você não está aproveitando bem essa quarentena, afinal, isso não é uma colônia de férias, é como se um passarinho estivesse amargurado por não estar se sentindo bem dentro da gaiola. Se você não estiver conseguindo ler aquele livro ou terminar aquela meta, não tem problema, você está indo bem. Pare de se martirizar, todo esse caos piora quando achamos que deveríamos estar “aproveitando esse tempo”. NÃO! Essa é a guerra da nossa geração, não confundamos silêncio com paz. Ainda assim, nosso ato de bravura hoje é ficar em casa, não precisaremos pegar em armas, esse é o ponto positivo que o yin yang me ensinou. Esqueça o presidente e as notícias sobre suas atitudes, ele é somente o dono da bola no dia em que todos resolveram não vão jogar futebol. De resto, calma! respira, se for preciso, procure ajuda psicológica, não é vergonha nenhuma mostrar desespero diante de tudo isso. Tenta dormir um pouco, ok? Agora eu vou reler esse texto, pois estou precisando de todos esses conselhos dentro de mim também. Calma! você está indo bem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s