Hair Love ganhará série na HBO e prova que Chris Rock estava certo. – Black Nerd #017

Você com certeza assistiu a Hair Love… não? É o curta-metragem de animação que ganhou o oscar de 2019. Ele conta a relação de um pai tendo dificuldade em fazer um penteado no cabelo da filha. O curta é lindo, a trilha é linda, a relação dos dois é muito linda. Chegar ao final dele sem o coração se derreter é quase impossível. Se você não assistiu, vou deixar o vídeo aqui para que continuemos nosso bate-papo.

Matthew A. Cherry, roteirista, produtor e idealizador do projeto, começou uma campanha no Kickstater – maior site de financiamento coletivo do mundo – e conseguiu bater a meta esperada, sendo o projeto a alcançar a maior cifra já arrecadada no site, U$300.000,00. Após esse sucesso na plataforma, a Sony se interessou e comprou o projeto, ficando responsável pela distribuição e, consequentemente, impulsionando a venda do livro adaptado do curta. Hoje o livro está na lista dos livros infantis mais vendidos do New York Times.

Oscar-winning 'Hair Love'

Se meu texto terminasse agora, estaríamos falando de um case de sucesso de um afro-americano que construiu uma belíssima história de representatividade negra e conseguiu muito sucesso com isso. Porém, eu ainda nem falei que Hair Love ganhará uma série animada para HBO com 12 episódios, dando mais corpo para a saga dessa família negra. É exatamente aí entra um questionamento, e esse último fato mostra como Chris Rock – talvez você conheça como o cara que teve sua infância retratada em Todo Mundo Odeia o Chris – estava certo.

“Minha casa custa milhões de dólares. Não odeie o jogador, odeie o jogo. Na minha vizinhança tem quatro pessoas negras. Entre todas as casas, quatro pessoas negras. Quem são essas pessoas? Eu, Mary J. Blige, Jay-Z e Eddie Murphy. São todas as pessoas negras de toda a vizinhança. Eu sou um comediante decente, Mary J. Blige é uma das maiores cantoras de R&B que andou pela Terra. Jay-Z um dos maiores rappers e Eddie Murphy um dos melhores atores de comédia. Vocês sabem o que o cara branco que mora na vizinhança faz? Ele é um dentista. Ele não é o melhor dentista do mundo, ele não vai para o Hall da Fama, ele não ganha uma placa por eliminar placas, ele somente arranca seu dente fora. Veja, onde um homem negro precisa voar, um homem branco só precisa caminhar.” Chris Rock

Chris Rock fala de racismo, filhos e divórcio em novo stand-up na ...
Chris Rock em ação no famoso Stand Up Comedy.

A fala de Chris Rock e a caminhada de Hair Love casam como uma luva. Quantos milhões de desenhos sem nenhum carisma nós vimos ao longo dos anos nos programas matutinos. Não consigo me lembrar de um desenho infantil com negro ou negra protagonista que tenha feito parte da minha infância. Odeio deduções e sempre me pautei em fatos, mas posso imaginar que sempre houve algum produtor, diretor, roteirista negro tentando colocar suas ideias em prática, mas esbarrando em produtoras que preferiram investir seu dinheiro em um moleque que tem um macaco como melhor amigo, ou em um cachorro que tinha pesadelos ou em quatro seres inexplicáveis que se alimentavam de um creme rosa. Hair Love precisou ser recordista no maior site de financiamento coletivo do mundo, ganhar um oscar para assim ter uma chance em uma grande produtora. Negros precisam voar para alcançar feitos que os brancos alcançam engatinhando.

Doutora Brinquedos, S.O.S. Fada Manu, Milly e Molly e As Aventuras de Tip e Oh são exemplos das poucas animações infantis com negras protagonizando.

Disney Kids, Discovery Kids e Dream Works TV já tiveram (ou têm) em sua grade desenhos com protagonismo afro. Porém, você nem sabe disso. A pouca publicidade existente ou o nulo investimento em marketing faz desses desenhos quase invisíveis em suas grades de programação. Tenho certeza que não irá demorar para vermos bonequinhas da protagonista da Hair Love, camisas e tudo mais. Afinal, o curta voou para alcançar um patamar em que outras animações chegaram rastejando. Porém, uma certeza é que eu comprarei uma dessas para minha sobrinha, afinal, o caminho para alcançar a chegada é muito árduo, logo ele precisa não ser somente problematizado, como também precisa ser celebrado. #WakandaForever.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s