Asgard não é Wakanda e vice-versa. – Black Nerd #001

Estar de férias me dá a possibilidade de acordar e fazer uma boa leitura matinal. Ler pela manhã é um prazer que só perde para a oportunidade de urinar depois de ter ficado algumas horas segurando e ter até pensado no pior. Além da leitura, estou zerando todo o meu estoque de quadrinhos para poder…

O SUICÍDIO DO PAPAI NOEL – CONTOS CRÔNICOS #11

Há quem reconheça o Papai Noel pela sua vasta barba natalina, pelas suas cores rubro negras ou pela risada monumental que impede que pessoas riam dessa forma em qualquer mês que não comece com 1 e termine com 2. Daqui de cima é engraçado ver como a publicidade se apropria do Sr. Klaus para colocá-lo…

PODCAST – Rádio Lanterna

Conheça a rádio Lanterna, a rádio que ilumina as suas vidas. O podcast mais louco de toda estratosfera é composto por T’Challa (Rodrigo Damásio), Leinad (Daniel Brito), Khe (Maria Júlia), Macarrão com Salsicha (Adrielle Oliveira), Lazana (Ana Luiza Braga) e Super Shon (Anderson Shon). Essa rádio traz os programas mais inusitados e divertidos. A liga…

TRAILER – O DIA DO YURI

Ser escritor é ser brindado com presentes que são pura beleza e amorosidade. Uma delas é ter um conto adaptado para curta pela Cloud Filmes.Com direção de Gleidson C. Alves, o curta estará disponível em Janeiro (eu acho kkkkkk), mas ele já tem essa lindeza de trailer. Assistam!

HOMÔNIMO – CONTOS CRÔNICOS #10

Ir pra missa todo domingo pela manhã é a minha única forma de dizer a Deus que ainda continuo temente. Mas, infelizmente hoje, era diferente. Domingo dia dos pais, passar o sábado procurando caixão, local em cemitério e formas para amenizar uma dor que realmente dói. Enterrei meu pai em um dia comum, na certa…

FESTA SURPRESA – CONTOS CRÔNICOS #9

Nome: Henry. Localização: cozinha mexendo a enorme panela de cachorro quente. Na sua cabeça, pensamentos indigestos e uma touca que havia sido obrigado a usar pela dona da casa. Função: Estava ali pois precisava matar a aula chata e não tinha um bom motivo aparente, até aparecer o convite de Lisa. Nome: Lisa. Localização: sala,…

A SUICIDA QUE MORREU DE RIR – CONTOS CRÔNICOS #8

“Não dá, se eu não escrever, eu morro, morro também escrevendo, vivendo, sofrendo, morro por que há vários tipos de mortes invisíveis que dificilmente são percebidas. Morro numa morte que adormece no meu inconsciente e a carapaça já não tem mais a capacidade de disfarçar. Ando naufragando em qualquer gota de chuva e chove muito,…

ASFALTO – CONTOS CRÔNICOS #7

Oração do Pai Nosso, boné na cabeça, pé na rua, chave indo da fechadura pro bolso. As últimas palavras; “Tchau, mãe, te amo”. Na mochila havia um caderno escrito de trás para frente, um livro contando a história do Martin Luther King, um casaco, caso o tempo resolvesse contrariar a previsão, duas garrafinhas de água…

1 DE ABRIL PASSOU E FAKE NEWS – CRÔNICAS POÉTICAS #13

O primeiro de abril nos deu uma lição valiosa; toda informação que parecer falsa deve ser analisada antes de compartilhada. As “verdades” sobre a morte de Stan Lee, nova temporada de Naruto, lesão de grandes jogadores da copa e etc. foram pesquisadas em diversas fontes para que ninguém saísse com cara de quem caiu numa…

WHISKY SECO – CONTOS CRÔNICOS #6

– Boa noite. – Boa noite. – Mesa pra quantos? – Pra dois, por favor. O Maître acompanhou o rapaz até a mesa e o deixou na companhia de um simpático e jovem garçom. Ele não gostou de onde estava sentado, reclamou do ar gélido que ia direto em seus braços. Foi levado até uma…