CANTANDO O CONTO #015 – PROTETOR DE TELA

Às vezes os dias passam tão rápido, que o cansaço vem como aviso da chegada da noite. Não era o caso, ainda havia luz lá fora e frio aqui dentro. Resolvi esticar o corpo, mas sem sair da frente do computador, podia ser que algum cliente quisesse reclamar da fonte utilizada no topo do cartaz,…

CATANDO O CONTO #014 – IMBECIL

Obs.: Esse texto contém cenas fortes de violência, se você não estiver psicologicamente bem, não leia-o. – Acorda, imbecil. Jimmy já estava de olho aberto, olhava uma imagem encorajadora no teto do seu quarto enquanto sentia seu primeiro pensamento do dia já ir embora. Levantou tão mecanicamente que ninguém acreditaria que estivera dormindo. Ficou deitado…

CATANDO O CONTO #013 – SAUDADE SERTANEJA

Um sol escaldante sorria para aquela turma carregando uma quantidade de pratos e bebidas que mais fazia daquele cenário um treinamento de um buffet do que uma universidade pública. O último dia de aula era uma felicidade para todos, alunos, professores, coordenadores, serviços gerais, até uma galera que fica com o comércio ao redor da…

A série Watchmen previu o futuro? – Black Nerd #013

Ano passado – 2019 – fomos apresentados a uma das melhores adaptações de quadrinhos para o áudio-visual. Na verdade, não foi bem uma adaptação, foi a coragem do diretor Damon Lindelof de continuar uma obra prima literária e fazê-lo a partir de uma ótica que ninguém havia enxergado. A série Watchmen continua a história dos…

IDENTIDADE – CONTOS CRÔNICOS #13

– Deu R$6,12, senhor? – R$ 6,13? – Não, não, R$6,12, seis reais e doze centavos. – Falou a menina mostrando um sorriso que se opunha a sua paciência habitual. – Está aqui. – O rapaz procurava algumas moedas que complementassem o valor. – Pode ficar com o troco. – Brincou. A atendente não lhe…

Luísa Sonza, PC Siqueira e o Tribunal da Internet – PenSHONmentos #007

No longevo ano de 2013, Tom Zé lançou o EP Tribunal do Feicibuque, inspirado num capítulo inusitado em sua trajetória. O artista que sempre andou pelo underground teve o convite de narrar uma propaganda da Coca-Cola, ganhando uns bons trocados pelo trabalho. A internet não conseguiu aceitar o fato de um músico, UM MÚSICO! querer…

CATANDO O CONTO #012 – SOLITUDE

Dia 8 de Maio Fábio e Marta comemoravam suas bodas de Palha, talvez por isso tudo parecia tão incandescente, tão perdido, tão consumível. A verdade é que cheguei aqui junto com eles, no primeiro dia, onde a alegria era o maior combustível. O bolo que comemorava o dia de hoje, contrastava bastante com os anos…