Netflix, Whatsapp e a fórmula da ansiedade – PenSHONmentos #014

Ver alguém falando da beleza das antigas cartas, em detrimento ao email, é como ver alguém reclamando das gráficas imprimirem livros, pois era muito mais legal ler depois de passarem pelos monges copistas. Eu entendo os dois lados dessa moeda, a modernidade parece tirar um pouco da magia dos processos, mas ela nos dá tantas…

Quem não tem covid usa óculos escuro – PenSHONmentos #013

Então… vamos completar um ano nesse caos pandêmico, nesse isolamento social que afastou abraços, beijos e bom senso. Lembro de ver pessoas fazendo aniversário e pensar em como seria ruim passar por esse momento sem poder se sentir fisicamente acarinhado. E aqui estou eu, prestes a completar a idade de Cristo e tendo que dividir…